“O pai do jornalismo é a inquietação”, afirma o jornalista Cabrini

Na entrevista realizada pela Jovem Repórter Ana Paula Dantas, Cabrini fala sobre os momentos marcantes de sua trajetória jornalística, seu início em uma rádio pequena de Piracicaba (SP), sobre o medo nas coberturas jornalísticas e sobre a neutralidade e a imparcialidade no trabalho jornalístico. “Eu evoluí na minha profissão, até perder o medo. Mas esse é um processo evolutivo, não é fácil.”

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s